TAP CRIA “BRASIL STOPOVER” CONFIANTE QUE VAI IMPULSIONAR CRESCIMENTO DAS ROTAS

LusaLisboa, 14 mar (Lusa) – A TAP anunciou hoje, na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, o “Brasil Stopover”, programa que o presidente executivo da transportadora, Antonoaldo Neves, diz acreditar que contribuirá para o crescimento das rotas.

O “Brasil Stopover” tem como objetivo incentivar os passageiros europeus que escolhem aquele país como destino “a descobrirem dois destinos brasileiros numa só viagem, sem custos adicionais na tarifa”, foi hoje anunciado na BTL, durante a comemoração do 74.º aniversário da companhia nacional.

Questionado sobre a previsão de contributo que este programa pode ter para o aumento de passageiros, o presidente executivo, Antonoaldo Neves, disse que a companhia “não tem previsões do programa, porque depende também muito da execução do marketing que é feito”, no entanto, admite que “como referência” a companhia tem “o ‘Stopover’ em Portugal, que está a trazer 150 a 200 mil passageiros ano”.

“Acredito que não há motivo para que o do Brasil não seja do mesmo tamanho”, acrescentou Antonoaldo Neves.

Segundo a companhia, os clientes Stopover vão poder ficar entre uma a cinco noites de estada em Brasília, Recife, Rio de Janeiro, Fortaleza ou Salvador, seguindo depois para outra cidade brasileira, “com vantagens exclusivas nestas cidades de ‘Stopover'”.

“O ‘stopover’ tem o objetivo de contribuir para o crescimento das rotas, claro”, referiu ainda o CEO.

“Cada vez que há mais procura podemos colocar mais assentos. Por isso, e tendo em conta a presença tão grande que temos no Brasil, bem como a relação que temos com os parceiros locais para fazer a conetividade [de voos] – o que nos dá um terço dos assentos do Brasil para a Europa -, acreditamos que o programa ‘stopover’ vai contribuir para o turismo em Portugal, na junção do Brasil com o da Europa”, acrescentou ainda.

A TAP refere que o ‘Stopover Brasil’ “reforça a posição” da empresa “enquanto companhia líder para o Brasil, tirando partido das vantagens geoestratégicas do ‘hub’ da TAP em Lisboa”.

Dos cerca de 16 milhões de passageiros transportados pela TAP em 2018, segundo a companhia, “quase dois milhões viajaram entre Portugal e o Brasil, de e para as 10 cidades onde a companhia opera neste país, o que representa um aumento de 8% face ao ano anterior”.

Hoje na BTL foi assinado um memorando de entendimento entre a TAP e os Estados de Bahia, Ceará, Pernambuco e Rio de Janeiro e o Distrito Federal de Brasília, que prevê o lançamento do Programa Stopover e assume o compromisso de trabalhar em conjunto.

Também hoje, a TAP Air Portugal recebeu, em Lisboa, mais um novo Airbus A330-900neo, CS-TUG, que se junta às quatro aeronaves deste modelo, “de última geração, que a companhia opera em estreia mundial”, lembram em comunicado.

Ao todo, até ao final de 2019, a companhia receberá 19 Airbus A330-900neo para reforçar e expandir a operação do longo curso.

MSF // JNM

Lusa/Fim