DEZ MIL IDOSOS À ESPERA DE VAGA EM LARES
Dezembro 27, 2012

Há poucas vagas e têm-se multiplicado casos de lares ilegais

Há poucas vagas e têm-se multiplicado casos de lares ilegais

Mais de 10 mil idosos aguardam uma vaga para integrar os cerca de mil lares existentes em Portugal. Entretanto, aumentam os casos de internamento hospitalar de idosos, após alta médica, devido ao abandono familiar. Durante o ano de 2012 registaram-se cerca de 300 casos de abandono de idosos pelos familiares.

“Os números que temos apontam para cerca de 20 mil idosos em lista de espera. Mas estes números englobam as pessoas que estão inscritas em mais do que um lar, à espera da primeira vaga, e as pessoas que estão inscritas em simultâneo nos lares particulares lucrativos e em lares de instituições particulares de solidariedade. Feita a triagem, temos de facto cerca de dez mil pessoas a aguardar uma vaga”, explica ao CM o padre Lino Maia, presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS).

“As novas regras definidas pelo Governo vêm aumentar a capacidade, mas trata-se de um processo que está a ser implementado. Dentro de dois anos, graças aos lares que estão em construção neste momento, teremos capacidade para dar uma resposta suficiente às solicitações. Não digo que haverá lugar para estas dez mil pessoas, mas haverá uma resposta suficiente”, conclui o responsável.

Pag. 4 e 5



Copyright© Correio da Manhã Canadá. Todos os direitos reservados.